Ver como página web

Boletim iCS: Março/2017

Em fevereiro, o iCS participou de uma série de atividades com os seus donatários e doadores. Entre os dias 21 e 24, Ana Toni e Luiza Souza estiveram no México para o evento WingsForum 2017, que reuniu instituições filantrópicas e de apoio à filantropia de todos os continentes.

IEMA e FGV realizaram a primeira reunião com outros parceiros para discutir investimentos em mobilidade urbana no Brasil, parte de um importante projeto co-financiado por iCS e Oak Foundation.

Confira essas e outras notícias abaixo.

DESTAQUES

POR DENTRO DO ICS
iCS participa do WINGSForum 2017, no México, e Ana Toni fala na mesa de encerramento   |   Eventos em março: workshop de avaliação de impacto e visita de Surabi Menon ao iCS

ENERGIA ELÉTRICA
Diretor e Superintendente da EPE falam ao iCS sobre o Plano de Ação de Eficiência Energética e a parceria com o Clima e Sociedade   |   Coordenadora do IEMA ressalta em ensaio a importância do investimento em energia solar, eólica e de biomassa no Brasil

MOBILIDADE URBANA
Projeto apoiado por iCS e Oak Foundation visa mapear os investimentos em mobilidade urbana no Brasil nos últimos 10 anos   |   Em pesquisa do Greenpeace, 97% dos paulistanos dizem preferir frota de ônibus não poluente   |   Climate Journalism, donatário do iCS, inaugura seção de entrevistas com especialistas em mobilidade urbana e clima   |   Nos últimos três anos, capitais brasileiras mais que dobraram sua malha cicloviária

POLÍTICA E ECONOMIA CLIMÁTICA
Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas retoma atividades em março, com Sirkis à frente Processo de seleção para a coordenação do Portfólio de Política e Economia Climática avança   |   Instituto Escolhas, em parceria com o Insper, oferece série de cursos gratuitos na nova Cátedra de Economia e Meio Ambiente

ACONTECE NO BRASIL
Aloysio Nunes é o novo Ministro de Relações Exteriores do Brasil  |  GIFE seleciona seu novo Secretário-Geral: José Marcelo Zacchi

DOAÇÕES APROVADAS EM FEVEREIRO
Green Building Council – R$ 177.000,00

POR DENTRO DO iCS

iCS participa do WINGSForum 2017, no México, e Ana Toni fala na mesa de encerramento
Ana Toni e Luiza Souza representaram o iCS no “ WINGSForum 2017 – Critical Philantropy: Addressing Complexity, Challenging Ourselves”, na Cidade do México, entre os dias 21 e 24 de fevereiro. Evento global que reúne instituições filantrópicas e de apoio à filantropia de todos os continentes, o fórum ajudou a repensar modelos e práticas de filantropia visando a transformação social.
Para o Clima e Sociedade, foi uma excelente oportunidade de trocar experiências com alguns de seus atuais doadores, potenciais parceiros, instituições que oferecem portfólios e serviços semelhantes aos seus, e também com organizações eminentemente apoiadoras da filantropia. Para conferir alguns dos temas e análises dos pontos em discussão no encontro, clique aqui .
Ana Toni foi a responsável pelo discurso de encerramento do WINGSForum 2017, e convidou a todos os presentes para o WINGSForum 2020.

Eventos em março: workshop de avaliação de impacto e visita de Surabi Menon ao iCS
Em março, o iCS e vários de seus donatários participarão de um workshop de três dias, sobre avaliação de impacto em mudanças climáticas. O workshop foi organizado por iniciativa da CIFF, e será ministrado por 3iE . iCS deu o suporte logístico necessário para o workshop ser oferecido no Rio de Janeiro. O iCS também receberá a visita de Surabi Menon, Diretora de Pesquisa na ClimateWorks, para três dias de reuniões com diversos donatários, dedicados a pesquisa em mudanças climáticas.

ENERGIA ELÉTRICA

Diretor e Superintendente da EPE falam ao iCS sobre o Plano de Ação de Eficiência Energética e a parceria com o Clima e Sociedade
Ricardo Gorini, Diretor de Estudos Econômicos, Energéticos e Ambientais, e Jeferson Soares, Superintendente de Estudos Econômicos e Energéticos, ambos da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), são os entrevistados do mês no site do iCS . Eles falaram sobre as perspectivas da EPE para 2017 e muito sobre o Plano de Ação de Eficiência Energética, elaborado sob a coordenação do Ministério de Minas e Energia. Além disso, exaltaram a parceria com o iCS, que teve início no Workshop Internacional “O Papel da Eficiência Energética na Economia de Baixo Carbono do Brasil”, realizado em setembro de 2016, e que continua em 2017.

Coordenadora do IEMA ressalta em ensaio a importância do investimento em energia solar, eólica e de biomassa no Brasil
Em ensaio publicado no Nexo, Kamyla Borges Cunha, coordenadora das iniciativas em Energia Elétrica do IEMA, donatário do iCS, alerta que o Brasil precisa triplicar a geração elétrica por fontes renováveis (sol, vento e biomassa) até 2024 por duas fortes razões: cumprimento de acordos e compromissos internacionais e imediata necessidade doméstica, uma vez que as hidrelétricas começam a reduzir sua representatividade em função da seca e dos impactos ambientais gerados por suas construções. No Acordo de Paris, assinado em 2015, o país assumiu metas relacionadas às renováveis, e elas apenas serão atingidas, de acordo com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE), se 12% da matriz energética nacional for composta por energia solar e eólica até 2030 – em 2015, esse percentual era de 3,5%.

MOBILIDADE URBANA

Projeto apoiado por iCS e Oak Foundation visa mapear os investimentos em mobilidade urbana no Brasil nos últimos 10 anos
O iCS e a Oak Foundation são parceiras e co-financiadoras de um projeto que está sendo desenvolvido ao longo de 18 meses pelo IEMA (Instituto de Energia e Meio Ambiente) e FGV (Fundação Getúlio Vargas), a fim de estabelecer um diagnóstico sobre os investimentos nos últimos 10 anos em mobilidade urbana no Brasil – tanto origem, quanto destino. Para tanto, reuniões com parceiros estratégicos já estão sendo realizadas, como aconteceu em São Paulo durante o mês de fevereiro e que reuniu entidades como INTP, ITDP, WRI, Observatório das Metrópoles e Instituto Escolhas.

Em pesquisa do Greenpeace, 97% dos paulistanos dizem preferir frota de ônibus não poluente
O Greenpeace, donatário do iCS, realizou no dia 21 de fevereiro, em frente à Prefeitura de São Paulo, breve pesquisa com transeuntes da região: você quer ônibus que não poluem em São Paulo? O resultado: 97% respondeu que sim. O momento é oportuno, uma vez que a licitação responsável por contratar as novas empresas de ônibus da capital ocorrerá nos próximos meses – o Greenpeace pede que o prefeito João Dória inclua os combustíveis renováveis como exigência.

Climate Journalism, donatário do iCS, inaugura seção de entrevistas com especialistas em mobilidade urbana e clima
O Climate Journalism, projeto donatário do iCS e promotor de concurso que estimula estudantes universitários a produzir conteúdos sobre mobilidade urbana e mudanças climáticas, acaba de lançar uma seção de entrevistas em vídeo com especialistas no tema . Até agora já participaram do bate-papo Rafaella Basile, do Cidade Ativa, Ana Nassar, Diretora de Programas do ITDP, Clarisse Linke, Diretora Executiva do ITDP, Gustavo Faleiros, Coordenador do Earth Journalism Network e do InfoAmazônia, e José Lobo, Presidente da Transporte Ativo.

Nos últimos três anos, capitais brasileiras mais que dobraram sua malha cicloviária
Um levantamento organizado pelo portal de notícias G1 junto às prefeituras das 26 capitais e ao governo do Distrito Federal revelou que nessas cidades, ao longo dos três últimos anos, a malha cicloviária mais do que dobrou de tamanho– 3.009 km em 2017 contra 1.414km em 2014. Esse número, no entanto, ainda corresponde a apenas 2,8% da malha viária total dos municípios. Entre os planos mais ambiciosos para os próximos quatro anos está o de Belo Horizonte, que pretende aumentar o seu total de ciclovias em mais de 350%. No ranking atual das capitais com mais pistas exclusivas para ciclistas estão São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília, com 498,4km, 441,1km e 420,1km, respectivamente.

POLÍTICA E ECONOMIA CLIMÁTICA

Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas retoma atividades em março, com Sirkis à frente
Em março, o Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas retoma as suas atividades com seu novo secretário-executivo: Alfredo Sirkis, diretor do Centro Brasil no Clima , donatário do iCS. Para entender os próximos passos e as principais medidas a serem tomadas pela nova direção do Fórum, o Observatório do Clima conversou com Sirkis . Segundo ele, as câmaras temáticas vão seguir uma agenda comum, que inclui as ações de curto prazo, como o enfrentamento imediato do repique do desmatamento, a implementação da NDC brasileira em cada setor da economia, o primeiro ciclo de revisão da NDC, estratégia de descarbonização drástica para a segunda metade do século, entre outras.

Processo de seleção para a coordenação do Portfólio de Economia e Política Climática avança
O iCS recebeu mais de 65 candidaturas para o cargo de Coordenador do Portfólio de Economia e Política Climática. O processo de seleção começou em fevereiro, após a saída de Branca Americano do iCS. Dez candidatos foram selecionados para as fases finais.

Instituto Escolhas, em parceria com o Insper, oferece série de cursos gratuitos na nova Cátedra de Economia e Meio Ambiente
Em março, o Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas retoma as suas ativida O Instituto Escolhas, donatário do iCS, trará a São Paulo o pesquisador Timo Goeschl, PHD em Economia pela Universidade de Cambridge e professor de Economia do Meio Ambiente da Universidade de Heidelberg, na Alemanha. Ele ministrará o curso de extensão Economia do Meio Ambiente: Fundamentos Analíticos e Evidências Experimentais . Além disso, Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal ministrará o curso Tributação e Meio Ambiente . Ambos os cursos fazem parte da Cátedra de Economia e Meio Ambiente , lançada em novembro/2016 em parceria com o Insper. A procura pelos cursos denota o grande interesse em discutir questões socioambientais sob a perspectiva das ciências econômicas.

ACONTECE NO BRASIL

Aloysio Nunes é o novo Ministro de Relações Exteriores do Brasil
O presidente Michel Temer indicou o senador Aloysio Nunes Ferreira, do PSDB de São Paulo, para assumir o Ministério das Relações Exteriores. No Senado, Nunes Ferreira atuava como líder do Governo Temer e presidente da Comissão de Relações Exteriores. Ele está sendo investigado em processo derivado da Operação Lava Jato. No Itamaraty, substituirá o também tucano José Serra, que pediu demissão na semana passada mencionando problemas de saúde.

GIFE seleciona seu novo Secretário-Geral: José Marcelo Zacchi
O Conselho de Governança do GIFE concluiu o processo de seleção do novo Secretário-Geral da organização, que assume, em março, a posição antes ocupada por André Degenszajn. O escolhido foi José Marcelo Zacchi, ex-donatário do iCS na Casa Fluminense , Associação dirigida por ele até assumir o novo cargo.

DOAÇÕES APROVADAS EM FEVEREIRO

Instituição Donatária: GBC – Green Building Council
Valor Doado: R$ 177.000,00
Duração da doação: 12 meses
Portfólio: Energia Elétrica Propósito da doação: Com apoio do iCS, o GBC se propõe a desenvolver um programa de certificação Net Zero para ao menos uma tipologia de edifícios, como extensão dos programas de Certificação já existentes: LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) e GBC Brasil Casa (programa nacional de certificação residencial). Para tanto, treinamentos online e presenciais serão realizados para capacitar o mercado brasileiro em matéria de certificação Net Zero. O projeto terá o suporte de campanha de comunicação em todas as mídias do GBC Brasil (Website, Revista GBC, Linkedin, Facebook e Blog), além de divulgação na imprensa em geral.


Este é um boletim mensal enviado pelo Instituto Clima e Sociedade – iCS .
Por favor, envie suas sugestões ou comentários para luiza@climaesociedade.org .
Caso não deseje receber novamente este boletim, escreva para ics@climaesociedade.org .