Ver como página web

SIGA NOSSA REDE    
Boletim iCS: Novembro/2017
Por dentro do iCS
iCS reúne novos atores e grupos políticos para discutir eleições de 2018 Intenção é conhecer mais sobre esses movimentos apartidários e influenciar uma agenda climática nas eleições
Ler Mais +
Markus Steigenberger, Diretor Adjunto do Agora Energiewende, tem intensa semana de reuniões com iCS Foco principal da visita foi a criação de uma instituição brasileira inspirada no Ágora alemão
Ler Mais +
Economia e Política Climática
“Plataforma 2018: Brasil do Amanhã” é lançada com debate sobre processo político e participação da sociedade Debate no Museu do Amanhã abriu caminho para uma série de painéis que abordarão temas como segurança, cidades e mobilidade, gestão pública e energias renováveis
Ler Mais +
Primeiro grande evento da “Plataforma para o Biofuturo” é sediado em São Paulo Com reunião de governos nacionais, empresas e pesquisadores, encontro ampliou a discussão sobre a necessidade de uma bioeconomia em grande escala
Ler Mais +
Emissões de gases de efeito estufa brasileiras crescem 8,9% em 2016 comparado aos dados de 2015 Essa é a principal conclusão da nova edição do SEEG, lançada no dia 26 de outubro em São Paulo pelo Observatório do Clima
Ler Mais +
Seminário realizado pelo Ipea, com apoio do iCS, aborda a relação entre contas nacionais e mudanças do clima Fórum apresentou experiências internacionais na área de estatísticas com foco nas alterações climáticas e desafios para o futuro
Ler Mais +
Blockchain e mercado de carbono são tema de encontro no Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio (ITS) No bate-papo, apoiado pelo iCS, foram levantadas potenciais soluções oferecidas pelas moedas virtuais para o problema dos créditos do mercado de carbono
Ler Mais +
Resultados do IES-Brasil 2050 são apresentados em workshop Estudo analisou o cenário de descarbonização compatível com 1,5°C de aquecimento relacionado às implicações sociais e econômicas das promessas nacionais expostas em sua NDC
Ler Mais +
Energia Elétrica
O futuro do setor elétrico é tema de fórum realizado pelo iCS em parceria com o EPE e o Agora Energiewende Encontro discutiu sobre segurança e flexibilidade nos contextos de Brasil e Alemanha e foi transmitido ao vivo no Youtube do iCS
Ler Mais +
Ministério de Minas e Energia abriu consulta pública sobre eficiência energética de aparelhos de ar-condicionado Se aprovadas, novas medidas devem eliminar cerca de 40% dos modelos atuais dos mercados
Ler Mais +
Cenário de geração de energia do Nordeste é visto como modelo de futuro por presidente da EPE Na região, em função da crise hídrica dos últimos cinco anos, houve remodelação da matriz energética. Eólica já domina a geração de eletricidade
Ler Mais +
Em entrevista para o Escolhas, Roberto Kishinami avalia a matriz energética brasileira Para ele, o país tem condições de aumentar significativamente as fontes renováveis como eólica, biomassa e solar
Ler Mais +
Mobilidade Urbana
Cidade dos Sonhos faz campanha contra Projeto de Lei que visa aumentar prazo de substituição do diesel nas frotas de ônibus em SP Todos os anos, mais de 4 mil pessoas morrem na capital paulista de doenças relacionadas à poluição do ar
Ler Mais +
Em carta aberta, sociedade civil repudia resolução que pune ciclistas e pedestres com multa
A decisão, que se baseia no Código de Trânsito Brasileiro, não leva em consideração a insegurança dos transportes a pé e de bicicleta nas cidades brasileiras
Ler Mais +
Após Velo-City 2017, iCS realiza encontros para discutir a importância da bicicleta em cidades brasileiras
As escolhidas foram Recife, Belo Horizonte, São Paulo e Brasília, sede dos gestores municipais levados pelo iCS para o Velo-City, e Rio de Janeiro, sede da próxima edição do evento global
Ler Mais +
iCS reúne cicloativistas de todas as regiões em que atua para evento de dois dias em sua sede
Evento foi importante para discutir as vitórias do movimento nos últimos anos, assim como as suas fraquezas e oportunidades futuras
Ler Mais +
Acontece no Brasil
Reformulação da estrutura de governança climática é discutida para o Brasil pós Acordo do Clima Os desafios impostos pela estratégia de implementação da NDC nacional demandam uma governança climática efetiva
Ler Mais +
Doações Aprovadas em Outubro
MANDACARU DESIGN GRAFICO LTDA | R$ 50.000 Apresentar palestras inteligentes e enérgicas e sessões de ativação para aprofundar os assuntos abrangidos pelo WDCD.
Ler Mais +
AGÊNCIA PUBLICA - Centro de Jornalismo Investigativo | R$ 12.000
Apoiar o Festival 3i - Jornalismo Inovador, Inspirador e Independente, que é produzido por oito organizações de notícias brasileiras
Ler Mais +
Por dentro do iCS
iCS reúne novos atores e grupos políticos para discutir eleições de 2018

O iCS já iniciou sua atuação para as eleições presidenciais e estaduais de 2018, com a intenção de promover o debate sobre mudança do clima e desenvolvimento de baixo carbono no âmbito das eleições. Nesse contexto, recebeu em sua casa no dia 16 de outubro uma série de grupos e novos atores políticos, sem filiação partidária, de diferentes partes do país. Esse tipo de encontro visa gerar discussões acerca da conjuntura política atual, conhecer mais sobre as propostas desses movimentos e incentivar pautas climáticas dentro de suas agendas.

Markus Steigenberger, Diretor Adjunto do Agora Energiewende, tem intensa semana de reuniões com iCS

Markus Steigenberger reuniu-se longamente com o Clima e Sociedade para planejar a criação de uma instituição brasileira inspirada no Ágora alemão. Além disso Markus também recebeu donatários de energia elétrica para conversar sobre experiências e alternativas de baixo carbono. Ele foi um dos convidados especiais do workshop internacional “O Futuro do Setor Elétrico: Segurança e Flexibilidade nos Contextos de Brasil e Alemanha”.

voltar ao topo
Economia e Política Climática
“Plataforma 2018: Brasil do Amanhã” é lançada com debate sobre processo político e participação da sociedade

A Plataforma 2018: Brasil do Amanhã, foi lançada na segunda-feira, dia 16/10, com o objetivo de definir uma agenda mínima para a sociedade romper barreiras e ampliar a participação no processo político. O debate, organizado pelo Museu do Amanhã em parceria com iCS, Fundação Roberto Marinho, Conselho Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS) e GloboNews, reuniu nomes como o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Herman Benjamin, que considerou retrocesso a possibilidade de retorno do financiamento empresarial para campanhas, e o secretário-geral do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (GIFE), José Marcelo Zacchi. Até as eleições de 2018 novos painéis acontecerão mensalmente, com temas como segurança, cidades e mobilidade, gestão pública, energias renováveis, entre outros assuntos do cenário nacional.

Primeiro grande evento da “Plataforma para o Biofuturo” é sediado em São Paulo

O Brasil liderou o encontro internacional Biofuture Summit 2017, com governos de 20 países, representantes do setor privados e pesquisadores, que debateram as melhores formas de criar uma bioeconomia em grade escala, sustentável e de baixa emissão de carbono. Organizado pelo CEBDS, donatário do iCS, este foi o primeiro evento da Plataforma para o Biofuturo (Biofuture), que dá seguimento aos compromissos estabelecidos na Rio+20, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e no Acordo de Paris. As discussões travadas contribuíram para a elaboração da Declaração de Visão da Biofuturo, a ser apresentada para endosso durante a COP23.

Emissões de gases de efeito estufa brasileiras crescem 8,9% em 2016 comparado aos dados de 2015

Em 2016, as emissões nacionais de gases de efeito estufa chegaram ao nível mais alto desde 2008: 2,278 bilhões de toneladas brutas de gás carbônico equivalente (CO2e), um aumento de 8,9% em comparação ao ano anterior. Esse volume soma 3,4% do total de emissões mundiais, mantendo o Brasil como sétimo maior poluidor do planeta. Os dados são os principais da nova edição do SEEG (Sistemas de Estimativas de Emissões de Gases de Efeito Estufa), lançada no dia 26 em São Paulo pelo Observatório do Clima, donatário do iCS. O crescimento, segundo consecutivo, ocorre em meio à pior recessão econômica da história do país, o que o coloca como a única grande economia global a aumentar a poluição sem gerar riqueza para a sociedade.

Seminário realizado pelo Ipea e IBGE, com apoio do iCS, aborda a relação entre contas nacionais e mudanças do clima

O iCS foi um dos organizadores do Seminário Internacional “Relacionando Mudanças do Clima e Contas Nacionais”, realizado no dia 17 de outubro no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em Brasília. O fórum destacou experiências internacionais em estatísticas relacionadas à mudança do clima, iniciativas da contabilidade ambiental brasileira e o relacionamento entre inventários nacionais de emissões e contabilidade econômica. Foi uma oportunidade para refletir sobre como informar os tomadores de decisão e a sociedade sobre o desempenho da parcela de baixo carbono da economia e, com isso, impulsionar estratégias de descarbonização em toda a economia.

Blockchain e mercado de carbono são tema de encontro no Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio (ITS)

O Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio (ITS Rio) organizou a Varanda ITS #50, série de encontros sobre temas relevantes no setor. Dessa vez, o bate-papo aconteceu em parceria com o iCS e tratou de “Blockchain e Mercado de Carbono”, com foco especial na valorização do Blockchain como uma solução potente para o problema dos créditos do mercado de carbono ao favorecer um sistema de transação descentralizado, seguro e transparente. Os palestrantes foram Márcio Barros, cientista em computação e desenvolvedor de sistemas de mercado e Natália Garcia, advogada especialista em direito bancário e financeiro, sob a mediação de Gabriel Aleixo, pesquisador do ITS.

Resultados do IES-Brasil 2050 são apresentados em workshop

No último dia 25, o IES BRASIL 2050 realizou workshop para apresentar os resultados de um cenário de descarbonização compatível com 1,5°C de aquecimento, relacionado às implicações econômicas e sociais na economia brasileira da adoção do conjunto de medidas previstas na NDC (Contribuição Nacionalmente Determinada) do país. O projeto foi realizado pelo Centro Clima, da COPPE UFRJ, com apoio do iCS e do WWF-Brasil.

voltar ao topo
Energia Elétrica
O futuro do setor elétrico é tema de fórum realizado pelo iCS em parceria com o EPE e o Agora Energiewende

Em parceria com a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e o Agora Energiewende, o iCS organizou o Workshop Internacional “O Futuro do Setor Elétrico: Segurança e Flexibilidade nos Contextos de Brasil e Alemanha” no dia 17 de outubro. O evento, que teve abertura de Luiz Augusto Barroso, presidente da EPE, Ana Toni, Diretora-Executiva do Clima e Sociedade e Annette Windmeisser, Ministra Conselheira e Chefe de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável na Embaixada da República Federal da Alemanha no Brasil, tratou de experiências em curso no setor elétrico brasileiro e alemão, suas divergências e capacidades de compartilhamentos. Confira o vídeo gravado da transmissão ao vivo do Fórum.

Ministério de Minas e Energia abriu consulta pública sobre eficiência energética de aparelhos de ar-condicionado

O Ministério de Minas e Energia (MME) apresentou proposta para aumentar os níveis mínimos de eficiência energética dos aparelhos de ar-condicionado comercializados no Brasil. As novas normas, se aprovadas, devem eliminar cerca de 40% dos modelos atuais dos mercados, de acordo com matéria do Estadão. No entanto, segundo especialistas, já existe tecnologia suficiente para tornar as regras muito mais exigentes do que as que estão sendo propostas. O ar-condicionado é um dos maiores vilões do consumo de energia no país. A Rede Globo foi outro veículo de imprensa a falar sobre o tema, explicando que um aparelho ligado 8 horas por dia consome em média, por mês, 186 KW/H, correspondente a 46% do gasto na conta de luz residencial. A consulta pública fica aberta até 27 de novembro.

Cenário de geração de energia do Nordeste é visto como modelo de futuro por presidente da EPE

Em matéria no jornal Valor Econômico, a repórter Daniela Chiaretti repercutiu tema interessante discutido durante o seminário Internacional “O Futuro do Setor Elétrico: Segurança e Flexibilidade nos Contextos de Brasil e Alemanha”: a relevância do desenvolvimento de projetos de energia renovável, apoiado pelo presidente da EPE, Luiz Augusto Barroso. Enquanto no cenário nacional a energia hidráulica é a fonte dominante, no Nordeste o cenário começa a mudar – o setor eólico passa a dominar a geração de energia da região, muito em função da crise hídrica dos últimos cinco anos, que exigiu a remodelação da matriz energética.

Em entrevista para o Escolhas, Roberto Kishinami avalia a matriz energética brasileira

Roberto Kishinami, coordenador do Portfólio de Energia Elétrica do iCS, foi entrevistado para o site do Instituto Escolhas. Durante a conversa, Kishinami explicou que, embora a matriz elétrica nacional seja mais limpa do que grande parte dos países, a participação fóssil tem aumentado – hoje representa cerca de 20% do total. A boa notícia é que há fontes de energia renovável suficientes para levar o Brasil a uma economia de baixo carbono, o que dependerá basicamente de política de estado para direcionar esta transição, além de investimento em pesquisas, capacitação profissional e projetos que foquem nesse tipo de geração elétrica.

voltar ao topo
Mobilidade Urbana
Cidade dos Sonhos faz campanha contra Projeto de Lei que visa aumentar prazo de substituição do diesel nas frotas de ônibus em SP

O Cidade dos Sonhos realiza campanha contra a aprovação do Projeto de Lei 300/17, do vereador Milton Leite, que estende por mais de uma década a transição do diesel para combustíveis limpos nos ônibus em São Paulo. Além disso, o PL também não define prazo para zerar as emissões da frota municipal. Ao todo, mais de 4 mil pessoas morrem anualmente na capital paulista em função de doenças ligadas à poluição. As empresas de ônibus tinham a obrigação anterior de, até 2018, adaptarem suas frotas para o uso de combustíveis limpos, o que não foi feito. A Minha Sampa criou uma petição online contra a aprovação do PL.

Em carta aberta, sociedade civil repudia resolução que pune ciclistas e pedestres com multa

Entidades da sociedade civil, entre as quais donatárias do iCS como Cidade Ativa, Bike Anjo, Cidadeapé, ITDP, Corrida Amiga e Ciclocidade assinaram carta contra a Resolução 706/2017 do Contran, que padroniza a aplicação de multas a pedestres e ciclistas caso cometam infrações previstas nos artigos 254 e 255 do Código de Trânsito Brasileiro – por sua vez, também duramente criticados. Entre as justificativas, a histórica preferência das cidades pela fluidez de veículos motorizados individuais, o que se reflete na redução de calçadas, localização inadequada (quando existentes) de faixas de pedestres e atrasos frequentes no avanço de infraestrutura cicloviária. Ou seja, quem se desloca a pé ou de bicicleta está sempre sujeito a situações de insegurança no trânsito pelas ruas das cidades brasileiras.

Após Velo-City 2017, iCS realiza encontros para discutir a importância da bicicleta em cidades

Após convidar membros do setor público de Belo Horizonte, Recife, São Paulo e Brasília para o Velo City de 2017, que aconteceu na Holanda, o iCS se juntou às cidades, ao Rio de Janeiro e ao Consulado Geral do Reino dos Países Baixos para promover cinco workshops intitulados “A Bicicleta Após o Velo-City 2017”. Entre os objetivos específicos, a geração de intercâmbio com os participantes brasileiros que estiveram no evento para discutir sobre os aprendizados em cada cidade e a importância de se engajar atores-chave para a agenda de mobilidade sustentável em cada município rumo ao Velo-City 2018, a ser realizado no Rio. Os eventos, que tiveram a coordenação de JP Amaral, do Bike Anjo, e Blé Binatti, da Transporte Ativo, foram um sucesso, com as prefeituras demonstrando interesse em discutir a pauta.

iCS reúne cicloativistas de todas as regiões em que atua para evento de dois dias em sua sede

O Clima e Sociedade convocou parceiros, entre donatários (como Bike Anjo) e instituições próximas (como União de Ciclistas do Brasil), para discutir o tema de cicloativismo, as vitórias alcançadas, as oportunidades, fraquezas e fortalezas do movimento. A intenção foi analisar o passado para pensar o futuro, colocando pessoas e organizações para trocar experiências e vislumbrar novas ações em conjunto.
voltar ao topo
Acontece no Brasil
Reformulação da estrutura de governança climática é discutida para o Brasil pós Acordo do Clima

Será necessária uma reformulação da estrutura de governança climática no país para alcançar os desafios impostos pela estratégia de implementação da NDC (Contribuição Nacionalmente Determinada) do Brasil. Essa afirmação motivou debate organizado pelo iCS, WRI Brasil, WWF Brasil e Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas (FBMC) no dia 31 de outubro, em Brasília. A reformulação, aliás, trará impactos diretos em toda a agenda climática, nos temas de florestas, agricultura de baixo carbono, cidades sustentáveis, energia e indústria. Ana Toni, diretora-executiva do iCS, foi uma das participantes, ao lado de Everton Lucero, do Ministério do Meio Ambiente, Alfredo Sirkis, secretário do FBMC, Viviane Romeiro, gerente de Clima do WRI Brasil, entre outros.

voltar ao topo
Doações Aprovadas em Outubro
MANDACARU DESIGN GRAFICO LTDA Valor Doado R$ 50.000 Duração 1 mes Portfólio Economia e Política Climática Propósito da Doação: Apresentar palestras inteligentes e enérgicas e sessões de ativação para aprofundar os assuntos abrangidos pelo WDCD - What Design Can Do - uma plataforma internacional sobre como o Design é uma ferramenta chave para melhorar a sociedade, promovendo-a como catalisador de mudança e renovação. O WDCD 2017 acontecerá no Brasil e o tema será "Mudança Climática".
AGÊNCIA PUBLICA
Centro de Jornalismo Investigativo
Valor Doado R$ 12.000 Duração 2 meses Portfólio Engajamento e Divulgação
Propósito da Doação: Apoiar a participação dos palestrantes no Festival 3i. O Festival 3i - Jornalismo Inovador, Inspirador e Independente, é produzido por oito organizações de notícias brasileiras, em parceria com o Google News Lab. O Festival acontecerá de 10 a 12 de novembro na cidade do Rio de Janeiro.
SIGA NOSSA REDE    

Este é um boletim mensal enviado pelo Instituto Clima e Sociedade – iCS
Por favor, envie suas sugestões ou comentários para luiza@climaesociedade.org
Caso não deseje receber novamente este boletim, escreva para ics@climaesociedade.org