Ver como página web

SIGA NOSSA REDE    
Boletim iCS: Abril/2018
Por dentro do iCS
Encontro Internacional sobre Clima e Segurança acontecerá em maio
Organizado pelo iCS, Embaixada Alemã e Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio, o evento é o terceiro da série Diálogos Futuro Sustentável
Ler Mais +
Economia de Baixo Carbono
Fórum para Negócios de Impacto Socioambiental na Amazônia discute gargalos, dificuldades, desafios e instrumentos financeiros
Organizado pelo BNDES, evento contou com a participação do iCS e de diversos donatários, como IDESAM e ISA
Ler Mais +
Assembleia Anual do Observatório do Clima termina com 9 propostas de iniciativas para os próximos 12 meses
Mais de 40 representantes de organizações que formam a rede do OC estiveram presentes. iCS, WWF-Brasil, Engajamundo, Greenpeace Brasil, entre outros, enviaram representantes
Ler Mais +
Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas faz reuniões sobre instrumentos econômicos para a implementação da NDC Brasileira
iCS participa ativamente das conversas sobre tributação de baixo carbono e eliminação de subsídios carbono intensivos e sobre mercado brasileiro de carbono e precificação
Ler Mais +
Energia
Projeto Roraima busca soluções para a frequente falta de luz no estado amazonense Estado é o único brasileiro que não está conectado ao sistema interligado nacional de energia, e iCS, ao lado do Ministério de Minas e Energia e de universidades, tenta encontrar soluções mais rápidas nas áreas de eficiência e renováveis
Ler Mais +
Política Climática e Engajamento
BRICS Policy Center, por meio de sua Plataforma Socioambiental, realiza debate “Diálogos sobre Governança e a Implementação do Acordo de Paris”
Com apoio do iCS, evento debateu as estratégias de Brasil e Alemanha para a implementação do Acordo e as transformações no regime climático e na governança global. Ana Toni foi a mediadora
Ler Mais +
X Congresso GIFE debateu Brasil, Democracia e Desenvolvimento Sustentável
Um dos temas da roda de conversas foi Clima, identificado pelo último Censo GIFE como um dos temas menos evidenciados na atuação do investimento social privado brasileiro
Ler Mais +
Evento debate criação do Observatório do Legislativo Brasileiro
Com apoio do iCS, OLB permitirá que cidadãos e organizações da sociedade civil atuantes em advocacy possam produzir avaliações do desempenho dos parlamentares em vários temas
Ler Mais +
8a Edição do Fórum Mundial da Água é realizada em Brasília e discute a importância da água e seu papel de destaque transversal em diversos temas
iCS participa ativamente dos debates, como no dia 22, em que Ana Toni foi uma das integrantes da Mesa ‘Água na Mídia’, parte da programação da Arena das Águas
Ler Mais +
Workshop de Alto Nível promovido pelo FBMC para analisar Proposta Inicial de Implementação da NDC Brasileira recebe personalidades sênior na questão climática
Objetivo foi permitir que a proposta passasse pelo crivo do maior número possível de quadros com intensa participação no tema nos últimos quatro anos
Ler Mais +
Transporte
Exposição no metrô paulistano ressalta a importância e as vantagens da caminhada
Intenção da Corrida Amiga, organizadora da mostra com apoio do iCS, é apresentar um olhar sobre a cidade e seus caminhantes, e a integração entre esse e outros modos de transporte, como ônibus, metrôs e trens
Ler Mais +
Movimento Nossa BH realiza, com apoio do iCS, Oficina de Formação em Mobilidade Urbana e Emissões
Walter Figueiredo de Simoni, coordenador do Portfólio de Transportes do Clima e Sociedade, falou sobre mobilidade e sua inserção no contexto global da mudança climática
Ler Mais +
Projeto Contagem a Pé leva indicações de rotas mais seguras e rápidas para pedestres na região de Eldorado, em Contagem
Iniciativa foi uma das contempladas na I Convocatória de Propostas para a Mobilidade a Pé e Mudança do Clima, parceria entre a Fundação Casa e o iCS
Ler Mais +
Acontece no Brasil
Projeto de Lei que autoriza cultivo de cana-de-açúcar na Amazônia Legal volta à pauta do senado Cultivo é proibido há oito anos e seria trágico para as florestas e para a indústria de biocombustíveis no Brasil
Ler Mais +
Doações Aprovadas em Março
GBC - Green Building Council - Brasil | R$ 180.000
Promover a certificação Zero Energy Building
Ler Mais +
IEI - International Energy Initiative - Brasil| R$ 12.000
Estimar o desperdício de eletricidade devido ao uso de condicionadores de ar ineficientes
Ler Mais +
Por dentro do iCS
Encontro Internacional sobre Clima e Segurança acontecerá em maio

O Encontro Internacional sobre Clima e Segurança, terceiro evento da série Diálogos Futuro Sustentável, será em maio, na PUC-Rio. Com foco na reflexão sobre os desafios de segurança e defesa provocados pela mudança do clima no âmbito nacional e internacional, o encontro é realizado pelo iCS, Embaixada da República Federal da Alemanha no Brasil e Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio (IRI). Para mais informações, por favor escreva para comunicacao@gip.net.br

voltar ao topo
Economia de Baixo Carbono
Fórum para Negócios de Impacto Socioambiental na Amazônia discute gargalos, dificuldades, desafios e instrumentos financeiros

O iCS e diversos donatários, como IDESAM, ISA, IMAZON e IMAFLORA, participaram do Fórum para Negócios de Impacto Socioambiental na Amazônia. Realizado em São Paulo no dia 16 de março e organizado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), o evento promoveu encontros e debates para identificar oportunidades e desenvolver o ecossistema de Finanças Sociais e Negócios na região amazônica. Para tanto, foram organizados três painéis: “Casos de negócios de impacto socioambiental na Amazônia”, “Gargalos, Dificuldades e Desafios para os negócios de impacto socioambiental na Amazônia” e “Veículos de Investimento e Instrumentos Financeiros para negócios de impacto socioambiental na Amazônia”.

Assembleia Anual do Observatório do Clima termina com 9 propostas de iniciativas para os próximos 12 meses

A Assembleia Anual do Observatório do Clima (OC), donatário do iCS, aconteceu entre os dias 6 e 8 de abril na sede do Imaflora Brasil, em Piracicaba. Ao todo, mais de 40 representantes de organizações parceiras do OC estiveram presentes, como iCS, WWF-Brasil, Engajamundo, Greenpeace Brasil, Fundação SOS Mata Atlântica, WRI, Fundação Grupo Boticário, IDEC, Idesam, entre outros. Durante os três dias de pauta, uma agenda intensa com os principais objetivos do OC, reflexões sobre o papel da rede e o fortalecimento da mesma. Ao final do processo, nove propostas de iniciativas reais para os próximos 12 meses foram apresentadas.

Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas faz reuniões sobre instrumentos econômicos para a implementação da NDC Brasileira

O Fórum Brasileiro de Mudança do Clima (FBMC), em vias de entregar ao Presidente da República a Proposta Inicial de Implementação da NDC Brasileira, realizou dois workshops no mês de março (dias 1 e 9) sobre Instrumentos Econômicos. O primeiro, realizado na sede do Banco Mundial, em Brasília, teve como foco a “Tributação de Baixo Carbono e eliminação de subsídios carbono intensivos” para abordar os novos instrumentos econômicos para a descarbonização. Entre as discussões levantadas, a taxação do carbono, a revisão de alíquotas tendo como critério a intensidade de carbono e a gradual eliminação de subsídios carbono intensivos.

Já o segundo lançou luz sobre o “Mercado Brasileiro de Carbono e Precificação” e foi realizado na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro. Em pauta, a discussão sobre o mercado de carbono e os avanços na precificação positiva no Brasil e no mundo.

O iCS participou ativamente dos debates.

voltar ao topo
Energia
Projeto Roraima busca soluções para a frequente falta de luz no estado amazonense

No final de março, o iCS deu início ao projeto Roraima. O estado é o único brasileiro que não está conectado ao sistema interligado nacional de energia. A energia elétrica consumida em Roraima é gerada por diesel ou vem de uma hidrelétrica da Venezuela até Boa Vista, a capital. Com a crise naquele país, falta manutenção adequada na linha de transmissão, e com isso os habitantes de Boa Vista convivem com muitos apagões. A solução encontrada até agora foi aumentar a utilização do diesel para gerar energia e compensar essa perda.

O Ministério de Minas e Energia criou um Grupo de Trabalho para resolver a situação, com análise de soluções para o médio prazo, de 1 a 2 anos. O Clima e Sociedade, junto ao MME, desenvolve o projeto Roraima para complementar esse trabalho e gerar um levantamento de alternativas mais rápidas, como promover eficiência energética e fontes renováveis: solar, eólica e biomassa. O projeto envolverá estudantes da Universidade Federal de Roraima e do Instituto Técnico Federal, já tem financiamento da ClimateWorks Foundation e aguarda aprovação de projeto submetido à Mott Foundation .

voltar ao topo
Política Climática e Engajamento
BRICS Policy Center, por meio de sua Plataforma Socioambiental, realiza debate “Diálogos sobre Governança e a Implementação do Acordo de Paris”

O BRICS Policy Center / Centro de Estudos e Pesquisas BRICS, iniciativa conjunta da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro e da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RJ), é organizador da Plataforma Socioambiental . No dia 6 de março, a Plataforma realizou o debate “Diálogos sobre Governança e a Implementação do Acordo de Paris”, com mesas sobre as transformações no regime climática e na governança global e as estratégias de implementação do Acordo de Paris pelo Brasil e Alemanha. O evento, que teve apoio do iCS, contou com Ana Toni como mediadora.

X Congresso GIFE debateu Brasil, Democracia e Desenvolvimento Sustentável

Aconteceu, entre os dias 4 e 6 de abril, o X Congresso GIFE na Fecomércio, em São Paulo. Com o tema geral “Brasil, Democracia e Desenvolvimento Sustentável”, uma das trilhas de discussões teve como objetivo lançar luz sobre temas menos evidenciados na atuação do investimento social privado com base nos dados do Censo GIFE divulgados em dezembro de 2017. Entre eles, destacam-se Clima, Ciências, Direitos das Mulheres, Equidade de Gênero e Segurança Pública, entre outros. A roda de conversa sobre clima foi organizada pelo iCS e pelo Observatório do Clima, tendo apresentações de Alice Amorim, pelo iCS, e Carlos Rittl, pelo OC., discutindo os desafios e a relevância do tema. No futuro, esse conteúdo será disponibilizado no formato de uma “cartilha temática”. Além disso, Ana Toni foi mediadora da mesa “Brasil e investimento social: caminhos para revigorar a democracia e a vida pública”.

Evento debate criação do Observatório do Legislativo Brasileiro

Uma associação entre o NECON (Núcleo de Estudos do Congresso) e o LEMEP (Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública), ambos do IESP, Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, lançará até junho o Observatório do Legislativo Brasileiro (OLB). Este será um instrumento por meio do qual cidadãos e organizações da sociedade civil poderão produzir avaliações do desempenho dos parlamentares (deputados federais e senadores) em relação aos vários temas de relevância para a agenda pública. O OLB tem apoio do iCS e foi debatido em evento nos dias 22 e 23, em Brasília.

“Temos um objetivo duplo: o principal é auxiliar grupos de advocacy na atividade junto aos parlamentares, com conhecimento mais aprofundado do comportamento de cada um em relação às pautas que interessam. Trata-se de um site no qual, na parte administrativa, com acesso restrito às ONGs e entidades que atuam em adovocacy, haverá um banco de dados bem extenso sobre a tramitação dos projetos legislativos e a participação de todos os deputados e senadores. Cada projeto e a atuação dos parlamentares serão codificados uma vez que estiverem na plataforma, e assim será possível gerar um ranking de atividade naquele tema específico, cruzar dados e assim por diante”, explica João Feres Junior, do IESP e um dos idealizadores do OLB. “O outro propósito é seu funcionamento como ferramenta de cidadania, na parte aberta ao público em geral. O eleitor poderá avaliar, assim, como os parlamentares se comportam de acordo cada tema”.

8a Edição do Fórum Mundial da Água é realizada em Brasília e discute a importância da água e seu papel de destaque transversal em diversos temas

Entre os dias 18 e 23 de março Brasília foi sede do Fórum Mundial da Água, pela primeira vez realizado no Hemisfério Sul. De acordo com a organização, foi a maior edição da história do evento com mais de 120 mil pessoas de 172 países diferentes, dentre os quais 109,6 mil visitantes da Vila Cidadã e da Feira, além de 10,6 mil congressistas. Uma importante inovação desta 8ª edição foi a participação do Poder Judiciário, com a Conferência de Juízes e Promotores de 57 países e a emissão do documento Carta de Brasília.

O iCS participou ativamente do evento. Inclusive, no dia 22, Ana Toni foi uma das integrantes da mesa de debates sobre o papel da mídia na promoção de atitudes sustentáveis organizada pela plataforma Menos é Mais, lançada em 2015 pela TV Globo como ferramenta de mobilização sobre consumo consciente. Com mediação da jornalista Sônia Bridi, Toni lembrou que as reflexões sobre consumo consciente ultrapassam a temática de meio ambiente.

“A mídia tem um papel grande em ajudar a sair da caixinha. Água é um tema de economia, saúde e transporte. Isso é importante para termos mais proposições que olhem para o dia a dia das pessoas”, explica.

Workshop de Alto Nível promovido pelo FBMC para analisar Proposta Inicial de Implementação da NDC Brasileira recebe personalidades sênior na questão climática

No dia 5 de março, na Fundação Brasileira para o Desenvolvimento Sustentável, o Fórum Brasileiro de Mudança do Clima (FBMC) realizou o workshop Alto Nível NDC, com participação do iCS e de diversos parceiros e personalidades sênior na questão climática, como Tasso Azevedo (SEEG), Sergio Margulis (International Institute for Sustainability), Sergio Besserman (Jardim Botânico do Rio de Janeiro), Georg Witsel (Embaixador da Alemanha), Marcelo Furtado (Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura), Carlos Minc e Izabela Teixeira (ex-ministros do Meio Ambiente), José Sarney Filho (atual Ministro do Meio Ambiente) e Alfredo Sirkis (FBMC). O seminário de alto nível incluiu ex-ministros, membros de equipes negociadoras, dirigentes de ONGs, acadêmicos, entre outros, que não tinham participado diretamente do processo de discussão das nove Câmaras Temáticas do FBMC e tampouco dos quatro workshops de análise multicritérios, realizados entre março e outubro de 2017. O objetivo foi permitir que a Proposta Inicial de Implementação da NDC Brasileira passasse pelo crivo do maior número possível de quadros com intensa contribuição ao tema nos últimos 30 anos.

voltar ao topo
Transporte
Exposição no metrô paulistano ressalta a importância e as vantagens da caminhada

Para mostrar a importância e as vantagens do caminhar como meio de transporte, o Instituto Corrida Amiga, com financiamento do iCS, inaugurou no dia 8 de março, no metrô paulistano, a exposição “A Pé Também é Transporte”. A partir de textos e fotos do fotógrafo Hugo Peroni, a mostra apresenta um olhar sobre a cidade e seus caminhantes, além de exemplos de inter/multimodalidade nos modos de transportes, com a combinação da caminhada e bicicletas e transporte público. A exposição passará pelas estações Sé (março), Paraíso (abril) e Santana (maio), as três com grande movimento de pessoas. Veja mais detalhes aqui.

Movimento Nossa BH realiza, com apoio do iCS, Oficina de Formação em Mobilidade Urbana e Emissões

Realizada pelo Movimento Nossa BH no âmbito do Observatório Social da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte - ObservamosBH, a Oficina de Formação em Mobilidade Urbana e Emissões “Mudemos a Mobilidade, Não o Clima” aconteceu no último dia 22 para apresentar conhecimentos e provocar reflexões com ênfase no estímulo da participação social na formulação e controle das políticas municipais e metropolitanas de Belo Horizonte. Com apoio da BHTRANS, Secretaria de Meio Ambiente e do iCS, o evento contou com a participação de Walter Figueiredo de Simoni, apresentador do painel “Como a mobilidade urbana se insere no contexto geral da mudança climática: desafios e perspectivas locais” e mediador de debates, além de outros donatários do Clima e Sociedade, como representantes do ITDP e Casa Fluminense.

Projeto Contagem a Pé leva indicações de rotas mais seguras e rápidas para pedestres na região de Eldorado, em Contagem

A região de Eldorado, em Contagem, começa a ver os frutos da iniciativa contemplada na I Convocatória de Propostas para a Mobilidade a Pé e Mudança do Clima, uma parceria da Fundação Casa e do iCS. 12 totens e 5 placas de indicativas serão implementados pelo projeto “Contagem a Pé”, com indicações de rotas mais seguras e rápidas para os pedestres. O bairro escolhido, principal centro econômico de Contagem, recebe diariamente 32 mil pessoas, de acordo com dados do IBGE. “O Contagem a Pé vai promover o conhecimento do território, garantir o direito à cidade, apontar pontos de interesse entre os cidadãos, aperfeiçoar rotas, priorizando sempre a segurança, estimular a integração entre a mobilidade a pé e o transporte público e fomentar a prática da caminhada”, explicam os organizadores.

voltar ao topo
Acontece No Brasil
Projeto de Lei que autoriza cultivo de cana-de-açúcar na Amazônia Legal volta à pauta do senado

O Projeto de Lei 626/2011, do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), que autoriza o cultivo de cana-de-açúcar na Amazônia Legal (proibido há oito anos) voltou à tona em março de 2018 e deve ser votado em breve pelo Senado Federal. Além de ser um projeto absolutamente trágico para as florestas e para a indústria de biocombustíveis no Brasil, é também desnecessário para a indústria sucroalcooleira, uma vez que o zoneamento da cana, aprovado por decreto em 2009, autoriza a expansão do cultivo em 70 milhões de hectares – 10 vezes mais área do que a expansão projetada da lavoura até 2020. A sociedade civil organizada e a Coalizão Brasil Clima, Florestas e Agricultura (movimento multissetorial que reúne mais de 150 empresas, associações empresariais, centros de pesquisa e entidades da sociedade civil) se manifestaram contra o projeto de lei. A sociedade civil brasileira precisa estar constantemente alerta para evitar retrocessos como este.

voltar ao topo
Doações Aprovadas em Março
GBC - Green Building Council – Brasil Valor Doado R$ 180.000 Duração 12 meses Portfólio Energia Propósito da Doação: Divulgar o conceito, padrões e procedimentos do Zero Energy Building para aumentar o número de edifícios ZE certificados. Serão trabalhados os conceitos em setores e segmentos diversos da construção civil, demonstrando a viabilidade econômica dos projetos e meios de maximizar a eficiência energética e investir em renováveis com retorno econômico num prazo coerente de operação e manutenção.
IEI - International Energy Initiative Valor Doado R$ 12.000 Duração 3 meses Portfólio Energia Propósito da Doação: Fazer uma estimativa inicial do desperdício de eletricidade pelo uso de condicionadores de ar ineficientes e, portanto, os custos sistêmicos para o setor de energia e as emissões de gases de efeito estufa que poderiam ser evitadas.
SIGA NOSSA REDE    

Este é um boletim mensal enviado pelo Instituto Clima e Sociedade – iCS
Quer colaborar com notícias para iCS divulgar no próximo boletim ou em outras mídias? Acesse o formulário aqui
Caso não deseje receber novamente este boletim, escreva para ics@climaesociedade.org